Quais os tipos de feiras disponíveis no mercado?

Quais os tipos de feiras disponíveis no mercado?

Em geral, as feiras enquadram-se em quatro categorias básicas.

1. Grandes feiras de interesse geral:

Estes eventos exibem vários tipos de artigos de consumo como também industriais, são abertas ao público como também à empresários. O público visitante pode ser internacional, nacional, regional ou até mesmo local.

O principal problema para uma empresa exibir-se nessas feiras é a dificuldade em atrair um número considerável de público-alvo para o seu stand, pois apenas um pequeno percentual do número de visitantes pode se interessar pelo produto que sua empresa está oferecendo.

2. Grandes feiras comerciais especializadas:

Estes eventos são destinados basicamente a visitantes profissionais daquele mercado. O acesso do público em geral é restrito, porém algumas feiras podem abrir um dia e horário especial para visitação do público em geral.
São feiras especializadas em setores industriais ou comerciais ou de um segmento altamente especializado.
Permitem melhor aproveitamento comercial por atraírem contingente expressivo de visitantes profissionais.  As feiras especializadas oferecem também uma excelente oportunidade para seleção de agentes, importadores, distribuidores, especialistas em determinados produtos ou setores, que podem auxiliá-lo numa possível expansão em um novo mercado ou novos produtos.

As grandes feiras tendem a reunir expositores que representam as mais importantes companhias de cada ramo de atividade, permitindo a qualquer participante condições para estudar os produtos e as técnicas mercadológicas das empresas bem sucedidas.

3. Feiras secundárias:

Estas feiras abrangem a maioria das feiras e eventos comerciais.

Embora menores, são muito importantes em seus respectivos campos, pois incluem frequentemente mostras altamente especializadas. Podemos incluir nesta modalidade os congressos segmentados para diversos mercados e classes de profissionais.
Em geral estes eventos, limitam-se a visitantes profissionais e em muitas exibições regionais destinam-se especificamente a varejistas.
Os países emergentes não costumam estar presentes e montar stands nacionais nas feiras secundárias. As empresas internacionais interessadas na abertura comercial junto a determinado país apresentam-se em tais eventos por conta própria, desde que compatíveis com seus planos mercadológicos.
Para empresas já estabelecidas no mercado, as feiras nacionais e regionais são meios importantes para expansão comercial e também como presença nos seus mercados específicos.

4. Feiras de consumo:

Estes eventos destinam-se a públicos e produtos em geral, ainda que certas mostras reservem espaço promocional para venda a consumidores especialistas em diversos campos.
A participação nas feiras de consumo pode implicar em desperdício de tempo e capital, salvo se essa empresa possuir sólido canal de distribuição no mercado local e seus produtos estiverem disponíveis ao comércio varejista.



Fale conosco, nós estamos online!